Início » Região » Bragança

Bragança

Capital de distrito do nordeste transmontano, Bragança é um dos municípios nacionais com maior área.

As primeiras referências do povoado de Bragança surgem em 569 d.C, nas atas do Concílio de Lugo, sob a designação de Vergancia. Em 666 d.C aparece a referência de Bregancia.

Mas Bragança, segundo o Elucidário de Viterbo, terá sido fundada e povoada por D. Sancho I: «”(…) el-rei D. Sancho I mandou para a Quinta de Bemquerença uma colónia, a que deu privilégios especiaes, com o fim de a desenvolver e tornar importante (…)”, apontando as condições topográficas e militares como o motivo principal para a sua fundação ou engrandecimento da quinta, à qual teria sido depois mudado o nome para Bragança”.

Foi a primeira vila transmontana a ter carta de foral, outorgada em 1187 por D. Sancho.

Consolidando a sua posição na região, quer do ponto de vista administrativo, quer militar e religioso, em meados do século XIII conta já com quatro freguesias, e é uma cidade ligada ao comércio interno e à produção agropecuária.

Nos séculos XVI, XVII e XVIII assiste-se a um maior dinamismo e crescimento urbano, com uma dinâmica económica vocacionada para o mercado regional, de que são exemplo a transformação da seda e a presença de artesãos, como sineiros, oleiros, ferreiros, entre outros. Um dinamismo crescente, para o qual contribuiu também a presença de judeus expulsos de Castela e que se sedearam na região.

No século XX, essencialmente nos anos 80, surge o movimento de emigração.

Atualmente Bragança é um polo de desenvolvimento, apostado na fixação de empresas e serviços e na promoção do ensino superior, assumindo o meio ambiente e os seus munícipes como o seu principal valor. A existência de infraestruturas, designadamente a rede de transportes públicos, as escolas, os Institutos Superiores, os Serviços Públicos e equipamentos coletivos, as atividades lúdicas e culturais têm contribuído para gerar dinâmicas de desenvolvimento no domínio habitacional, social e económico.

Bragança, para além do rico património natural, oferece um vasto património cultural, presente nos diversos e modernos equipamentos de que dispõe, seguindo uma política de dinamização permanente da atividade cultural, atrativo que tem trazido à região um número crescente de turistas.

 

Presidente: Hernâni Dias

População: 35319 habitantes (Censos 2011 INE)

Área Geográfica: 1173,6 km2

Web: www.cm-braganca.pt