Início » Notícias » Terras de Trás-os-Montes na FITUR 2018

Terras de Trás-os-Montes na FITUR 2018

A Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes – CIM-TTM- vai marcar presença na 38.ªdição da FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid-, que decorre de 17 a 21 janeiro na capital espanhola. A participação da CIM-TTM assume como principal objetivo a promoção do território como destino turístico de excelência, apostando na gastronomia e vinhos enquanto fatores de atratividade e diferenciação do território. 

Das Terras de Trás-os-Montes vão chegar a Madrid, os queijos, azeites e vinhos, mas também o fumeiro, frutos secos, compotas e mel. Alguns destes produtos são a base de um menu que o Chef André Silva vai preparar, no dia 18 de janeiro, para aguçar o apetite aos profissionais que vão marcar presença naquela que é uma das principais Feiras internacionais de Turismo. Aliás, no dia 18 de janeiro as Terras de Trás-os-Montes vão estar em destaque no stand da Turismo Porto e Norte. É que a participação das Terras de Trás-os-Montes na FITUR resulta de uma parceria com esta entidade regional de Turismo. O espaço expositivo da CIM-TTM está inserido no stand desta entidade, Local onde vão decorrer Showcookings, degustações gastronómicas e ações promocionais.  Uma forma de promoção integrada da região norte, junto de um público que tem vindo a revelar apetência crescente pelo território.

A participação em certames deste género insere-se na estratégia de valorização e promoção do território levada a cabo pela CIM-TTM. Este é o segundo ano em que as Terras de Trás-os-Montes participam na FITUR, um certame entendido como de especial relevância tendo em conta a proximidade e o interesse crescente do mercado espanhol pelo território.

Recorde-se que as Terras de Trás-os-Montes englobam os concelhos de Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mirandela, Mogadouro, Vila Flor, Vimioso e Vinhais. Um território com potencialidades turísticas de excelência, que tem na hospitalidade das suas gentes, na diversidade paisagística e natural, na qualidade dos produtos locais e riqueza do património cultural os principais cartões de visita.